top of page

Ranking dos Melhores Livros de 2023

Fran Borges


Feliz Ano Novo! Chegou a hora do Ranking das melhores leituras de 2023. Os melhores livros que li em 2023 ranqueados. Quem vai ganhar essa corrida? Qual o pódio dos três melhores e grande favorito?



Feliz Ano Novo! 2024 chegou e espero que traga com ele leituras tão maravilhosas para você quanto os livros que vou ranquear nessa lista. Temos aqui um pouco de tudo, assim é o meu jeitinho de ler. São 10 livros e vou ranqueá-los até aquele que foi o meu favorito, aquele que mais mexeu comigo. Já aviso, é uma lista baseada na emoção e o quão cada livro mexeu comigo. Todos que estão nela eu indico de olhos fechados. Bora para a lista.



o aprendiz de assassino robin hobb

Em décimo lugar um universo que me fascinou: Aprendiz de Assassino da Robin Hobb. É o primeiro livro da Saga do Assassino da autora. O livro não foi um cinco estrelas, mas eu me apaixonei pela construção de mundo da autora e seus personagens. Uma fantasia épica com personagens cativantes, impossível você não torcer pelo Fitz do início ao fim.


Se você gosta de universos bem construídos, intrigas políticas, assassinatos e traições em uma trama medieval, esse livro é para você. Link



cassandra clare as últimas horas

Em nono lugar: Corrente de Ferro da Cassandra Clare. Esse é o segunda livro da trilogia As Últimas Horas. Eu li toda a trilogia nesse ano e esse foi meu livro favorito. A história se passar na Inglaterra Eduardiana e acompanha as aventuras dos filhos de Will e Tessa, e de vários personagens da trilogia Peças Infernais. Foi muito emocional rever personagens favoritos e uma delícia acompanhar essas novas dos Caçadores de Sombras.


Se você já foi picado pelo amor a esse universo incrível dos Caçadores de Sombras e seus personagens apaixonantes você vai gostar. Se não, te recomendo iniciar pela trilogia anterior, As Peças Infernais.



loucos por livros emily henry

Em oitavo lugar: Loucos por Livros da Emily Henry. Esse foi um romance que me surpreendeu, a escrita da autora e seus protagonistas me encantaram desde o início. Uma comédia romântica bem construída que foca na relação de Nora, uma agente literária, com sua irmã, seu trabalho, Charle (um editor de livros) e com ela mesma. Uma delícia acompanhar. Eu me diverti e saboreei cada capítulo. Link



baratas scholatique mukasonga

Em sétimo lugar: Baratas de Scholastique Mukasonga. Essa é uma história pesada, mas necessária. Como diz a própria autora, ela escreveu para criar a memória. É um livro autobiográfico que associa memória coletiva e individual e conta a história do genocídio em Ruanda. Como foi possível que em 1994 um milhão de ruandeses tenham sido assassinados e em lugar algum do mundo se ouviu falar disso.


Como o discurso de ódio ao longo de anos fez com que famílias, vizinhos, conhecidos matassem tantos dos seus. A escrita de Mukasonga é potente e ao mesmo tempo traz momentos muito bonitos em meio a tanta tristeza. Livro sensacional.



cassandra clare fantasmas do mercado das sombras

Em sexto lugar: Fantasmas do Mercado das Sombras de Cassandra Clare. Olha ela aí outra vez. Esse é um livro de contos do universo dos Caçadores de Sombras e traz como principal protagonista James Carstairs, para os íntimos Jam, uma dos meu personagens favoritos. Foi um quentinho no coração ter mais desse personagem.


Alguns contos me levaram às lágrimas. Cassandra desenvolve tão bem seus personagens que eles são como nossos amigos. Esse é um livro para quem está em dia com os livros do universo dos Caçadores de Sombras. Um livro para fãs. Muitos reencontros, vários personagens de outros livros e ligações que você só vai entender se já leu. Foi uma leitura divina.



melhor do que nos filmes

Em quinto lugar: Melhor do que nos filmes de Lynn Painter. Se me dissessem no início do ano que esse livro iria entrar para os meus melhores do ano eu diria: mentira. Paguei a língua. Sabe aquele clichê que te deixa com sorriso bobo na cara? Pois é esse o livros.


Ao contrário do que muitos pensam é muito difícil escrever um bom clichê e Lynn Painter deu aula. Ela brinca com vários elementos dos clichês que a gente conhece, começando pelos nomes dos personagens Liz (Elizabeth) e Wes Bennet. Cada capítulo é nomeado com o nome de algum filme de comédia romântica. Foi o livro que mais me fez rir e me divertiu nesse ano. Simplesmente me apaixonei pelos personagens. Se você está procurando algo fofo e bem escrito para ler anota aí. Link



amanhã, amanhã e ainda outro amanhã

Em quarto lugar: Amanhã, Amanhã e Ainda Outro Amanhã de Gabrielle Zevin. Esse eu acredito que foi o livro que mais me surpreendeu de toda essa lista. Espera algo fofo e recebi um romance de formação profundo e com um dos melhores desenvolvimentos de amizade que já li.


Ele se passa em um universo de dois desenvolvedores de games, isso mesmo, o que me surpreendeu ainda mais. Além do belíssimo desenvolvimento da relação de Sam de Sadhi. O livro vai falar do machismo dentro dessa indústria, autodescobrimento, xenofobia, Sam é um personagem PCD e muito mais. É impossível descrever tudo de que esse livro fala e de como ele faz isso bem. Quero reler. Link



desmemória thalita coelho

Em terceiro lugar: Desmemória da Thalita Coelho. Um escritora catarinense que simplesmente me deixou apaixonada. Um romance sáfico com realismo mágico em que a personagem principal precisa roubar as memória das outras pessoas para sobreviver. Sério, se essa sinopse não te convenceu, desisto.


Acompanhar a jornada dessa personagem entendendo como isso funciona, tendo que lidar com as consequências disso ao mesmo tempo que lida com seu relacionamento, suas perdas e a busca por si mesma é genial. A Thalita ganhou uma fã que vai ler qualquer coisa que ela lançar. Que livro incrível! Que experiência de leitura! Link



Quincas borba machado de assis

Em segundo lugar: Quincas Borba de Machado de Assis. Esse deve ser o livro que menos me surpreendeu de toda a lista por que quando leio Machado já sei que ele vai entrar para os favoritos do ano e com Quincas Borba não foi diferente.


Por outro lado, aqui temos um Machado um pouco diferente, não mais em primeira pessoa como em Dom Casmurro e Brás Cubas e com um final que me pegou de “calça curta” como dizem. Continua com o seu humor mordaz e sua crítica social pungente. Amo o fato de Machado mostrar o ridículo de todo e qualquer burguês. Viva Machado de Assis, o que temos de melhor.



Trilogia das Almas - A descoberta das bruxas

Em primeiro lugar: A Trilogia das Almas de Deborah Harkness composta dos livros A Descoberta das Bruxas, Sombra da Noite e O Livro da Vida. Para quem me acompanha por aqui e nas redes sociais não é surpresa nenhuma. Essa trilogia me arrebatou. Li três calhamaços, um atrás do outro.


Sabe aquela sensação de ser sugada para dentro de uma história, não conseguir parar de pensar no livro, querer largar tudo o que você está fazendo para ler? Eu tive tudo isso com essa trilogia. Uma fantasia urbana adulta com Bruxas, vampiros e demônios, romance, mistério e com muita ficção histórica. Cada livro foi um prazer e ainda por cima descobri que a trilogia tinha sido adaptada em formato de série. Resumo: fiquei viciada nos livros e na série.


Essa leitura também coincidiu com uma nova fase da minha vida, então vai ficar marcada. Comecei a ler por acaso no Kindle Unlimited. Logo comprei todos os livros físicos. Se você gostou de tudo que descrevi aqui vai gostar. Link do texto sobre a trilogia.


 



bottom of page