top of page

Bruxas na Literatura: A Sociedade Supersecreta de Bruxas Rebeldes

Fran Borges


Esse é o primeiro livro lido no Projeto Bruxas na Literatura. É uma fantasia fofa ou Cozy fantasy, como você preferir.



Esse é o primeiro livro lido no Projeto Bruxas na Literatura. É uma fantasia fofa ou Cozy fantasy, como você preferir.


Vai contar a história da Mika, uma Bruxa solitária e que recebe uma oferta de trabalho muito inusitada, ser tutora de três bruxinhas na Casa de Lugar Nenhum


Lá, além das três bruxinhas, ela encontra um ator aposentado que é casado com o jardineiro, uma governanta simpática e um bibliotecário muito ranzinza, mas charmoso.




É uma história divertida e gostosa de ler. Eu adoro o esse enredo de pessoas inusitadas que se encontram por um determinado motivo e precisam conviver juntas, e ali vai se formando laços.


Particularmente, eu estava em um mês bem conturbado e precisando de algo assim, então recomendo de olhos fechados.


Além disso, a história traz ótimas reflexões. A pressão feminina de ter que se encaixar em algum estereótipo e não poder mostrar aos demais seu poder para ser aceita. E aí você pode encaixar essa situação em várias outras que, nós mulheres, passamos.


Também menciona essa rivalidade feminina, pois no livro Bruxas não podem ficar juntas para não chamar a atenção, ou seja, convence – las de que estão melhores separadas, quando na verdade, juntas elas são mais fortes.


E ainda mostra um lado das Bruxas que todas as mulheres têm ou que você já viu em alguma mulher ao seu redor. Sabe aquele chá poderoso que sua avó diz que é infalível para gripe ou dor de barriga.  Ou então aqueles rituais com incenso e flores que você coloca para melhorar o ambiente.


Mas, acima de tudo, ele é aquele tipo de história para te relaxar. Uma tarde, com chocolate quente na mão e tudo que você quer é um coração quentinho, diversão e um sorriso no final. Aqui nesse livro é certeza que você vai encontrar.


 



Yorumlar


bottom of page