top of page

Novembro Negro - Fique Comigo

Fran Borges


Novembro é o Mês da Consciência Negra e quero aproveitar para deixar uma dica de leitura sensacional, que vai te tirar o fôlego e de quebra vai dar uma diversificada nas suas leituras.


Mulher com livros escrevendo

Para começar a falar desse livro só posso dizer que foi uma das leituras que mais me surpreenderam nos últimos tempos. Literalmente, esperava por uma coisa e encontrei outra bem diferente.


Conta a história de Yejide que é casada com Akin que promete para ela que nunca vai tomar uma segunda esposa. O livro se passa na Nigéria e dentro dessa cultura é permitida a poligamia.


Porém, o casal não consegue ter filhos e diante da pressão familiar e cultural Akin acaba quebrando a promessa. Isso era tudo o que eu sabia da história e só o que vou contar, porque graças a isso o livro me impactou tanto.


Fica Comigo Ayobami Adebayo

Não procure saber muito sobre ele.


O livro fala de cultura, religião, contexto político e ainda discute maternidade compulsória, solidão, opressão e masculinidade tóxica. Tudo isso em poucas páginas, de forma orgânica e em um ritmo que não te permite parar até chegar ao fim do livro.


Você precisa saber o que aconteceu.


Eu estava esperando um drama familiar, mas encontrei além do drama, um novelão digno de Nazaré Tedesco. Com reviravoltas e um suspense incríveis.


Quando eu pensei que ia chorar do início ao fim, quase arranquei as unhas de tensão. Você pensa que o livro vai para um lado e a autora te surpreende uma e outra vez.


Ayóbámi me enganou direitinho e de quebra me deixou muito em que pensar.


 



Comentarios


bottom of page